Viagem

Guia de Viagem: Florença – Itália

IMG_7084

 

Depois de um dia de bate e volta em Pisa e San Gimignano, passamos o outro dia que tínhamos e Florença aproveitando a cidade. Que na verdade merece bem mais do que um dia, mas infelizmente nosso tempo ficou corrido para tanta coisa. Eu aconselho de dois a três dias na cidade de Florença, pois são muitos museus fantásticos com filas enormes e que se visitados em um único dia fica bem cansativo. Terminei o dia esgotada, por isso acho que um dia a mais faria toda a diferença para aproveitar melhor essa cidade que é MARAVILHOSA!!

Uma das cidades que me deixou com muito gostinho de quero mais. Mas vamos ao meu roteiro de um dia pela cidade:

 

1 -Galleria Dell´Accademia

 

O nosso primeiro destino foi a famosa galeria onde está a estátua de Davi, esculpida Michelangelo, como pelas dicas vi que a fila para entrar era enorme, fomos direto para lá. Tem como comprar ingressos antes e etc, mas não fizemos isso e ainda assim conseguimos entrar. Claro, esperamos um pouco na fila, mas valeu a pena!

Chegamos cedo então a fila ainda não estava grande, mas quando saímos da galeria estava tipo impossível de esperar rsrsrs… a fila para quem queria entrar era enorme e se você tem pouco tempo, aconselho a ou comprar o ingresso antes ou chegar mais cedo.

 

IMG_7000

Nenhuma foto poderá te preparar para a maravilha que é ver essa estátua ao vivo. O mais impressionante é que ela não possui emendas. Ou seja, foi toda esculpida em uma pedra única. Maravilhoso!

 

2 – Catedral Santa Maria del Fiore.

 

Saindo da Galeria, descemos a rua até chegar a praça santa maria del fiore, aonde está localizada a famosa Catedral e uma das mais bonitas que eu vi nessa viagem à Itália. A fachada é decorada com mármore branco, verde e rosa e é magnifico ficar olhando cada detalhe.

IMG_7033

 

Como a praça envolta da catedral é pequena e eu não tenho aquelas câmeras profissionais , é um pouco difícil achar um ângulo que caiba a catedral inteira rsrsrs… É muito grande gente! A Torre e o Bastistério que ficam na mesma praça, também seguem a mesma arquitetura da Catedral e são igualmente lindos.

 

IMG_7021

 

Como chegamos mais tarde, não conseguimos entrar na Catedral, a fila estava enooorme.. Eles colocam umas plaquinhas acompanhando a fila para você saber mais ou menos quanto tempo demorará para entrar dependendo da extensão da fila. Achei genial!! E quando chegamos ao fim da fila, nossa plaquinha era de 3 horas de espera, no sol e em pé.

 

IMG_7017

 

Como tínhamos apenas esse dia em Florença, achamos melhor não perder tanto tempo assim em uma fila, e fomos continuar nosso passeio, pois ainda tinham alguns museus e galerias que queríamos visitar.

 

3 – Piazza della Signora

 

Depois de ver a Catedral descemos pela Via del Calzauioli até chegar na Piazza della Signora. é bem legal fazer esse caminho a pé mesmo apesar de ser um pouco longo porque a via é linda e cheia a de lojas e sorveterias, claro que teve a pausa clássica para o gelato matutino. Seguindo a dieta a risca!! SQN!

IMG_7055

 

Nessa praça costuma ter alguns exposições e muitos restaurantes legais para almoçar se for o caso. Nela também é possível visitar o Palazzo Vecchio, o palácio hoje sedia a prefeitura da cidade e possui um museu que pode ser visitado. Na frente dele tem uma réplica da estátua de Davi, só que bem menor.

Nessa praça também fica a famosa Fonte de Netuno, mas quando fui ela estava toda coberta para reformas e não consegui ver nada infelizmente. Depois de andar pela praça sem pressa fomos comer nosso almoço porque já era hora e eu tinha uma indicação bem legal que ficava bem próximo a praça.

 

4 – Almoço -I Due Fratellini

 

Basta jogar no google o nome acima para ver algumas boas críticas a respeito do lugar, que nada mais é do que uma portinha no meio da rua, onde dois irmãos vendem vários tipos de panini diferentes que você pede pelo número!! Não tem cadeiras e é mesmo basicamente um balcão.

 

 

DSC_0871-768x582

 

Do lado de fora vc pode apoiar seu copo de vinho e comer e  beber em pé mesmo, como muitas pessoas fazem ao redor do lugar. OS sanduíches são bem fartos e são deliciosos mesmo, além de serem muito baratos se compararmos com os preço de Florença, que são bem carinhos. APROVADO!

 

DSC_0866-768x524

As fotos dessa parte do post eu tirei desse blog AQUI, pois não esqueci de fotografar essa parte do dia, acho que foi a fome!! kkkkk

 

5 – Galleria degli Uffizi

 

Depois de comer, fomos para a Galleria degli Uffizi, que é um dos museus mais famosos de Florença, como é de se esperar a fila era enorme, mas vale muito a pena. O museu fica bem próximo a Piazza della Signora e é enorme, prepare-se para andar bastante e reserve algumas horas para andar pelo Museu, o acervo conta com quadros muito famosos e obras de arte de tirar o fôlego.

 

IMG_7074

 

Lá você vai poder ver obras de Leonardo da Vinci, Boticelli, Caravaggio e outros mais. Realmente tem muita coisa para admirar na Galeria, até mesmo ela em si pois está em um antigo palácio e é linda!

6 – Ponte del Vecchio

 

Depois de sair da Galeria você pode ir reto na direção do Rio Arno, e poderá ver a famosa  Ponte del Vecchio. A ponte é construída em arco e é muito famosa pois abriga uma quantidade enorme de lojas em toda sua extensão. Você pode depois ir andando até lá para atravessar a ponte que é bem lotada e tem uma vista bem bonita da cidade, mas é daqui que você vai conseguir ver a ponte toda.

IMG_7085

 

7 – Museu Galileu

 

Depois de admirar a Ponte Vecchio continuamos descendo a rua nas margens do Rio Arno, e mais ou menos atrás da Galeria Uffizi Você vai encontrar um museu que não é muito comentado nos guias mas que eu adorei conhecer. O museu Galileu.

 

IMG_7108

 

Depois de visitar o museu fiquei sabendo que ele é o maior museu de ciência e tecnologia da Itália, e um dos mais importante do mundo. Reúne uma série de instrumentos e ferramentas científicas e é bem impressionante. Acho que vale muito a pena conhecer.

E encerramos nosso dia no museu… Voltamos a pé para nosso apartamento que fica próximo ao Museu, lembram dele? Falamos sobre o apê que alugamos pelo AIRBNB aqui. Antes de chega ao hotel paramos em um excelente mercado no caminho, compramos alguns itens para o jantar e foi isso! Pernas pra cima pois no outro dia sairíamos bem cedo para a cidade de Asolo, bem no norte da Itália.  Continue acompanhando o blog para saber mais sobre essa cidadezinha pequena que conquistou meu coração.

 

 

 

Viagem

Guia de Viagem : Pisa e San Gimignano / Itália

 

IMG_6906

Quando saímos de Nápoles fomos em direção a Florença, que seria nossa cidade sede para visitar alguns lugares diferentes da Toscana, dois lugares especificamente. Pisa e San Gimignano, e foi perfeito. Ficar em Florença nos garantiu uma hospedagem maravilhosa pelo AIRBNB, se quiser ler sobre ela clique no link abaixo:

AIRBNB – Florença / Itália

E permitiu que a gente visitasse duas cidades que a meu ver são ótimas para um bate e volta, sabem? Não senti a menor necessidade de mais tempo em nenhuma delas. Então, o post de hoje vou mostrar como fizemos para conhecer essas duas cidadezinhas lindas e charmosas em um bate e volta partindo de Florença.

 

SAN GIGMIGNANO

 

Para chegar até San Gimignano, pegamos um trem em Florença até a cidade de Poggibonsi, a 12 km da cidade murada, lá pega um ônibus que leva mais 25 minutos a San Gimignano. É um pouco confuso, pois a cidade intermediária é muito pequena e o pessoal não sabe falar outra língua a não ser o italiano, e a estação de trem é muito pequena. Para ajudar, explico que o ônibus sai da mesma estação de trem em que vc chegar, basta subir a escada e esperar na entrada da estação.

Quando chegar na estação de trem, compre a passagem que te dará direito a ir no ônibus, ok? Basta ir em qualquer lojinha da estação e comprar. Se o ônibus for demorar, você pode passear por essa cidade, não tem nada demais, mas é ótimo andar por ela e tomar um vinho enquanto aguarda o horário do ônibus.

Próxima parada, San Gimignano. Você vai descer do ônibus bem na frente da cidade amuralhada, basta andar reto e entrar no portão da cidade. Esse é o portão principal para quem chega de ônibus, memorize ele pois é onde você vai pegar o ônibus para voltar.

IMG_6766

A cidade é toda amuralhada, e é bem fácil se perder pelas ruas. Existem várias torres, altas que são a marca da cidade, e foram construídas pelas famílias que moravam na cidade. Quanto mais influente a família maior era a torre construída. O que deixa a cidade com um super visual.

IMG_6759

Existem alguns museus e igrejas para conhecer, como toda pequena cidade da Itália, mas dois pontos bem legais que achei são as duas feiras que acontecem na cidade.

IMG_6765

Ouro ponto bem legal é o museu do vinho, que fica bem no alto da cidade, com uma vista linda, e um lugarzinho bem românico para tirar umas fotos, comer alguma coisa e beber um vinho. Nesse dia, comemos em uma pizzaria qualquer pois não podíamos perder muito tempo já que iríamos para Pisa. Então, acabamos escolhendo mal e a resenha do lugar não vale a pena rsrsrs… Já comi pizzas melhores aqui. Engolimos, tomamos um sorvete, claro! E pegamos o ônibus para voltar a estação de trem e continuar nosso passeio até Pisa.

IMG_6747

 

PISA

 

Chegamos em Pisa, umas 15:00 mais ou menos. E ficamos até umas 19:00. Foi tempo suficiente, realmente não teria ficado mais. Ao descer da estação fomos andando até chegar na Piazza dei Miracoli, onde temos o cartão postal da cidade; A Torre de Pisa. Super recomendo fazer esse trajeto andando pois você conhecerá bastante a cidade.

IMG_6896

Passará pelas ruas mais movimentadas e cheias de loja, conhecerá alguns museus no caminho e  poderá ver lugares lindos e tirar fotos maravilhosas. Demoramos mais ou menos um hora caminhando até chegar a Torre, e foi perfeito pois pegamos ela no por do sol. Um espetáculo.

IMG_6897

Depois de andar bastante e sofrer para tirar aquela foto clássica rsrsrs:

IMG_6941

Pegamos o trem de volta para Florença. Se estiver na Piazza dei Miracoli, a estação de trem fica bem pertinho, e super dá para ir a pé até lá. Chegamos em Florença esgotados de tanto andar, passamos em um mercado próximo ao nosso apartamento e fizemos um belo macarrão para depois dormir feito pedras rsrsrs… Afinal, no outro dia iríamos bater muita perna por Florença! Dica: Descanse muito para encarar as filas dos museus em Florença, pois elas são enormes. Continue acompanhando o blog para não perder as próximas dicas dessa viagem.

Viagem

Guia de Viagem: 01 dia em Nápoles – Itália

Em nossa visita a cidade de Nápoles ficamos bem pouco tempo, então foi bem corrido, mas deu para aproveitar bastante. Na verdade, antes de ir vi vários blogs falando que um dia era o suficiente em Nápoles, e eu até concordo pois deu para conhecer bastante coisa. Mas se quer fazer tudo com mais folga eu aconselho dois dias, e acho que esse tempo é bem legal para conhecer muita coisa e saber se gosta da cidade a ponto de voltar e explorar com mais calma, entende?

Como chegamos em Nápoles já no fim da tarde, descansamos um pouco depois de tanto caminhar por Pompeia e fizemos apenas um passeio leve. Rsrsrs… Nem pensar! Descansaremos quando chegarmos no Brasil era o nosso lema!! Descansamos um pouco sim, pois ninguém é de ferro, tomamos um vinho no nosso apartamento do AIRBNB. Para ler sobre a hospedagem CLIQUE AQUI.

IMG_5846

E saímos a pé para conhecer a cidade a noite. Como nosso apartamento ficava em um setor mais novo e por isso mais seguro do que o centro, achamos tranquilo andar a pé a noite mas no centro nos aconselharam a não ir a pé de noite. Andamos até o mar, olhando as construções e restaurante… Estava um frio delícia e foi muito legal, depois continuamos a caminhada até um dos momentos mais esperados da viagem: Experimentar a verdadeira pizza napolitana!!

IMG_5863

Logicamente, fomos na mais famosa das pizzaria, aquela que apareceu no filme Comer, Rezar e Amar. A Pizzaria da Michele. Essa pizzaria possui filiais pela cidade, a original mesmo é a do centro, mas não fomos lá porque estava a noite e era bem longe. Fomos na filial perto do nosso apartamento e adoramos!!!!

A pizza parece enorme quando chega, mas a massa é muito leve, e o recheio é bem diferente das pizzas brasileiras então você conseguirá comer uma inteira tranquilamente, e coma!!! Pois dificilmente vai achar pizza tão maravilhosa por aqui. Foi incrível, e estou salivando escrevendo esse post agora, kkkkkkk.

Depois de tanto caminhar e comer, fomos dormir para no outro dia conhecer o centro de Nápoles. No outro dia, pegamos o metrô até o centro, e andamos bastante pelas ruas. A primeira parada foi o Museu…. , que possui um acervo maravilhoso de estátuas e também de objetos históricos retirados de Pompeia. Além de ter uma maquete enorme da cidade, o que é bem fascinante.

IMG_6615

 

Saímos do museu, já com fome pois ele realmente é muito grande. Então fomos andando pelas ruas apertadas e cheias de varais típicos de Nápoles quando lemos sobre ela pelos guias.

IMG_6699

para outra pizzaria famosa em nápoles. Essa um pouco mais tradicional, a pizzaria …. . Posso afirmar que a pizza era ainda melhor do que a que comemos a noite. Eu queria estar lá até hoje comendo pizza rsrsrsrs… O lugar é bem pequeno para o tanto de gente que vai, chegamos cedo e pegamos uma mesa sem problemas, mas quando saímos tinha uma fila enorme, portanto cuidado se você tem hora para ir embora de Nápoles e quer almoçar ai.

IMG_6721IMG_6718IMG_6717

De barriga cheia, voltamos ao apartamento, pegamos nossas malas e fomos para a estação de trem, dessa vez nosso destino era maravilhosa FLORENÇA! No próximo post teremos um guia do nosso primeiro dia na cidade, não perca.

Viagem

Um dia em Pompéia – Bate e Volta

IMG_6545

Continuando o roteiro da nossa viagem pela Itália, depois de um dia passeando por Roma, se quiser ver o roteiro CLIQUE AQUI, acordamos bem cedo preparamos nosso café no apartamento mesmo, aliás se quiser uma ótima dica de hospedagem em Roma, CLIQUE AQUI para ler o post, e seguimos para a estação de trem.

Nosso apartamento ficava bem perto da Estação Termini, que é a principal estação de Roma, nela você pode pegar tanto o metrô como trens que partem para outras cidades. Então pegamos o trem que iria até NÁPOLES. Tudo muito tranquilo de achar, o trem atrasou um pouco como de costume, mas deu tudo certo e chegamos em Nápoles, as 10:00 da manhã.

IMG_6590

Deixamos as malas grandes na rodoviária, o que eu achei caríssimo mas não tinha outro jeito, e na mesma estação pegamos um trem que iria até Pompéia. O trem sai na mesma estação no andar de baixo, é bem simples e bem menos confortável que os outros mas é tranquilo.

IMG_6569

A viagem até pompeia dura cerca de 30 minutos, existem quatro estações chamadas “Pompei”. Para descer direto na certa, pegue o trem na direção Sorrento e salte em Pompei Scavi – Villa dei Misteri. Chegamos, comemos um sanduíche em um dos bares próximos porque a fome estava grande. E entramos imediatamente no parque arqueológico pois sabíamos que tinha muita coisa pra ver e pouco tempo. O parque fica aberto até as 17:00.

IMG_6535

DICA: Compre o audio guia na entrada do parque, pois é praticamente impossível perceber todos os detalhes e informações e você ficará facilmente perdido sem o guia.

IMG_6565

Mas confesso que o passeio é bem cansativo pois além de andar muito em sol quente, leve roupas e sapatos confortáveis, as informações são tantas que vai cansando a mente também rsrsrs… Mas é surpreendente e maravilhoso conhecer Pompeia. É impossível não ficar chocado com a grandiosidade histórica de todas as ruínas e com os resultados da força monstruosa da natureza. É chocante ver como tudo ficou preservado embaixo das cinzas, inclusive alguns corpos.

IMG_6591

Depois das 17:00 saímos do parque com as pernas mortas e pegamos o trem de volta para Nápoles, chegamos ao nosso quarto do AIRBNB, se quiser conhecer onde ficamos CLIQUE AQUI, e descansamos as pernas em um belo banho. Mas nada de cama… Tomamos um vinho, no apartamento enquanto memorizamos o endereço da famosa pizzaria DA MICHELE. Sim, aquela do filme Comer, Rezar e Amar.

IMG_5846

Como somos muito animados, fomos até a pizzaria a pé andando pela cidade. Adoro fazer isso! E fomos recompesados com essa maravilha de pizza. Merece a fama que tem pois é muito deliciosa e indico para quem não quiser errar de jeito nenhum ao comer uma pizza em Nápoles.

IMG_5863

Ufa… Depois de tanto andar e comer fomos descansar para o outro dia, em que visitamos um pouco o centro de Nápoles e partimos para Florença. Continue seguindo o blog para os próximos pots dessa viagem.

 

Viagem

Roteiro de 01 dia a pé em Roma-Itália

IMG_6455

Chegou o momento de compartilhar com vocês um pouco do meu roteiro de viagem pela Itália em 2016. Ah gente, faz tanto pouco tempo mas já quero voltar… Enfim, foi uma viagem bem corrida e com muitas cidades no roteiro como você irão perceber ao longo dos posts mas valeu muito a pena e no fim eu amei mesmo visitar tantas cidades na mesma viagem. Minha primeira parada na Itália foi em Roma.

Fiquei hospedada pelo AIRBNB, para ver detalhes do apartamento, CLIQUE AQUI.  Meu hotel ficava localizado perto da Estação Termini, o que fica um pouco longe do centro histórico, mas como a estação era pertinho foi tranquilo pra mim. Vamos começar o Roteiro? Fiquei apenas um dia em Roma antes de ir para Nápoles, eis o que eu fiz nesse belo dia:

 1 – Basílica de São Pedro

Pegamos o metrô e descemos na estação Ottaviano, andamos um pouco e já estávamos na lateral da Basílica, que é uma basílica no Estado do Vaticano. Trata-se do maior e mais importante edifício religioso do catolicismo e um dos locais cristãos mais visitados do mundo.

 

 

Ficamos algumas horas olhando os detalhes da praça que fica em frente à Basílica, com suas fontes e colunas cheias de detalhes. Não conseguimos entrar na Basílica pois estava acontecendo uma missa comemorativa a canonização da Madre Teresa. Mas imagino que deve ser realmente muito lindo o interior. Depois seguimos pela Via Della Conciliazione até chegar ao nosso próximo destino.

IMG_6250

Essa é a vista da Via Della Conciliazione. Muito belo!

2 – Castelo Sant`Angelo

Seguindo reto pela Via você vai logo avistar o Castelo Sant`Angelo, também conhecido como Mausoléu de Adriano, ele fica na margem direita do rio Tibre. Atualmente o Castelo é um museu e você pode entrar para visitar. Na visita você consegue percorrer os sete níveis do Castelo, e no último consegue ter uma vista muito bonita do Vaticano e do Rio Tibre. Vale a Pena!

castelo-de-santo-angelo-vista-bandeira

IMG_6238

Depois de Visitar o Castelo, basta cruzar a Ponte Sant`Angelo, que é a ponte que cruza o Rio Tibre e é belíssima e cheia de estátuas lindas. Atravessando a ponte chegaremos no próximo ponto do nosso roteiro.

IMG_6230

3-  Piazza Navona

 

Atravessando a ponte aproveite para se perder um pouco pelas ruas estreitas e maravilhosas, você sempre vai acabar encontrando algo interessante. E com a ajuda de um mapa e das placas que existem pelas ruas, ache seu caminho até a PIAZZA NAVONA. Não vai ser tão difícil quanto parece. 

IMG_6295

A Piazza Navona é uma das praças mais famosas de Roma, ela tem um formato alongado e possui diversas fontes belíssimas, ao redor da praça existem vários restaurantes e cafés, onde é possível sentar e deixar o tempo passar observando o movimento da praça, que é bem intenso. Nela está localizada a embaixada brasileira, e acontecem muitos eventos culturais por lá. 

Depois de passarmos um tempo admirando a paisagem, nos perdemos novamente pelas ruazinhas até chegar ao Panteão. Novamente não é muito difícil pois existem placas na rua e com um mapa na mão é muito fácil localizar. E é bem perto. 

5 – Panteão

 

Pantheon1_RobertaDragan_wikipedia

 

Panteão é um edifício em Roma, Itália, encomendado por Marco Vipsânio Agripa durante o reinado do imperador Augusto. É uma das mais bem preservadas estruturas romanas antigas e permaneceu em uso por toda a sua história. Localizado na Piazza della Rotonda, o Panteão tem sido utilizado como uma igreja. É um edifício lindo e as colunas da entrada são de maravilhosas.

Sentamos na escadaria da fonte em frente ao Panteão para admirá-lo enquanto tomávamos um gelato. é claro! O calor já era enorme. E estávamos nos preparando para o nosso próximo ponto do roteiro, que fica um pouco mais longe e ia necessitar de uma caminhada boa. Explico que gosto muito de caminhar nas minhas viagens. Dá para ir fazendo esse roteiro de carro ou taxi, mas eu acho muito gostoso andar pelas ruas das cidades que visito. Você sempre descobre coisas novas!

 

6 – Fontana de Trevi

 

Ela é um dos mais badalados cartões postais da cidade de Roma. Não é a toa que tirar uma foto nela sem uma multidão atrás de você é tarefa difícil, mas vale a pena! A Fontana di Trevi é a maior (cerca de 26 metros de altura e 20 metros de largura) e mais ambiciosa construção de fontes barrocas da Itália.

IMG_6361

 

Se você chegar até ela não se esqueça de jogar a famosa moedinha na fonte para garantir o seu retorno à cidade. Rsrsrsrs… Por via das dúvidas, eu fiz minha parte! Uma boa dica é visitar a Fonte durante a noite, dizem que a iluminação é bela e fica bem mais vazio.

IMG_6386

CURIOSIDADE: Do lado direito da Fonte tem uma fonte de água potável, que dizem que todos os apaixonados devem beber a fim de garantir fidelidade. Rsrs… Claro que garante logo minha garrafa!!! Hahahahaha… Brincadeiras e superstições  à parte, é um ótimo lugar para encher sua garrafa de água,  uma ótima pedida considerando o preço alto que cobram pela água. Em quase todos os pontos turísticos você vai encontrar um ponto desses.

Depois de matar a sede, seguimos novamente a pé para o próximo destino, que fica um pouco longe não vou mentir, cheguei bastante cansada, mas como disse gosto bastante de andar. Se não é o seu caso, sugiro ir de taxi até lá.

 

7 – Piazza di Spagna

 

Piazza di Spagna, conhecida até o século XVII como Piazza di Francia, com sua famosa escadaria até a igreja Trinità dei Monti, é uma das praças mais famosas de Roma. A escadaria fica bem no centro da praça e o lugar como um todo é muito bonito. Ao redor dessa praça estão as lojas de marcas caras e sofisticadas, por isso não espere ver pessoas sentadas na praça comendo e bebendo. Não pode!

É proibido acreditam? Rsrsrs…

piazza_di_spagna_-_roma

 

Chegamos nesse ponto mortos de cansaço, tiramos fotos admiramos a praça e fomos almoçar. Até que enfim! Hahahaha… Nesse ponto, eu peguei uma dica na internet de um lugar muito legal para almoçar o Pastifício Guerra, falarei mais sobre ele em um post específico, mas serve massas caseiras e tradicionais a preço incrível para a média de Roma, e depois ainda comemos o melhor tiramisu da vida na Pompi, uma confeitaria próxima a praça. Com a barriga cheia não era mais possível andar tanto rsrsrs… Então pegamos o metrô que fica ao lado da Praça em direção ao nosso ponto final do roteiro.

 

8 – Coliseu

Chegamos ao Coliseu bem cansados de tanto andar, mas não tem jeito, quando você sai do metrô e dá de cara com ele, todo magnífico e enorme bem na sua frente, as energias são automaticamente recuperadas. Saindo da estação, você estará em frente ao Coliseu. A fila para comprar o ingresso de entrada costuma ser grande, mas no dia em que eu fui estava tranquila.

A visita guiada deve ser maravilhosa pois a muitos detalhes que acabam passando despercebidos, eu fui me guiando pelo guia impresso que eu tinha e foi bem legal. Entrar lá sem um guia impresso ou sem um guia normal eu acho que pode ser bem pouco proveitoso. São muitos detalhes.

IMG_6423

 

O mesmo ingresso que você utiliza para entrar no Coliseu também serve para visitar o Monte Paltino, que é uma das sete colinas de Roma. Nas suas encostas foram construídos, de um lado, o Fórum Romano, e do outro, o Circo Máximo. O local é hoje um grande museu ao ar livre. Prepare-se para andar um pouco mais, e se deslumbrar com a vista das ruínas do antigo império romano. Aqui também acho importante um guia, pois o lugar é imenso e identificar as coisas pode ser um pouco difícil.

Depois de terminarmos a visita, que confesso, ficou um pouco prejudicada pelo cansaço das pernas, rsrsrs… Pegamos o metrô de volta para nosso apartamento do Airbnb para finalmente descansar um pouco antes do Jantar. Já viu o lugar em que nos hospedamos? Vou deixar o link abaixo:

Apartamento em Roma- AIRBNB

Continue seguindo o blog pois no próximo post teremos mais dicas dessa viagem.

Viagem

Hospedagem em Roma / Itália – AIRBNB

Depois da nossa escala mais que proveitosa em Istambul, (para ver detalhes de como foi conhecer Istambul de graça, clique aqui) chegamos em Roma, no nosso primeiro destino na Itália. Como só iríamos ficar um dia, escolhi um apartamento no AIRBNB que ficava próximo a estação de trem. Fiz assim pois meu plano era sair bem cedo da estação em direção a Nápoles. Então fiquei um pouco longe do centro histórico de Roma, e bem próxima a estação de trem principal – Termini.

Captura de Tela 2017-04-25 às 14.38.29

Esse é um tipo de hospedagem um pouco diferente pois não é necessariamente a casa de alguém, mas sim um conjunto de apartamentos que o dono aluga, então é bem impessoal, mas eu achei muito limpo, muito organizado e bem interessante. Por estar perto da estação Termini, fica em uma região um pouco feia e deserta. Deu um pouco d medo no primeiro dia, pois estávamos com malas e a rua era bem deserta, mas depois foi tranquilo.

Captura de Tela 2017-04-25 às 14.37.37

Eu perdi as fotos que tirei do apartamento, mas as imagens do AIRBNB, que são essas do post são bem fiéis. O quarta era exatamente assim, e limpo desse jeito. Tinha uma cozinha bem equipada. O que foi muito útil para nós.

Captura de Tela 2017-04-25 às 14.37.45

O anúncio fala que tem WI-FI, contudo não é o melhor sinal do mundo. Aliás, é péssimo!!! Dentro do quarto não pegava, apenas bem próximo da recepção dos apartamentos. ou seja, se for importante pra você um sinal de WI=FI, não alugue esse apartamento.

Captura de Tela 2017-04-25 às 14.37.52

A decoração bem clean, me agradou muito. A rua é silenciosa e foi perfeito para descansar depois do longo vôo com escala em Istambul. O apartamento também fica próximo a um mercado. Acho que a uns três quarteirões. Então acaba sendo bem prático para comprar coisas para o café da manhã ou para um jantar, nos dias em que o cansaço bater mais forte.

Captura de Tela 2017-04-25 às 14.38.02

Definitivamente me hospedaria por lá de novo, principalmente se tivesse que fazer muitas viagens de trem na viagem, pois é bem prático ficar perto da estação.

Captura de Tela 2017-04-25 às 14.38.20

O banheiro é maravilhoso. Bem espaçoso e limpo. E amei de verdade!! Achei que o custo benefício foi realmente bom e não tive nenhum reclamação com relação a hospedagem, a não ser a questão do WI-FI, que na realidade não me fez tanta falta assim.

Se você quiser conhecer a hospedagem Clique AQUI. E vocês? Possuem outra dica de hospedagem em Roma??

Viagem

Dica de Hospedagem pelo AIRBNB em Florença; Itália.

Mais um post sobre hospedagens pelo AIRBNB. Já viram que eu sou fã mesmo né? Rsrsrs… Dessa vez continuamos na viagem que fiz pela Itália. Fiquei alguns dias hospedada na cidade de Florença, e nessa cidade me hospedei pelo AIRBNB.

img_5882Foi uma hospedagem tranquila que deu muito certo. De todas as minhas hospedagens pelo AIRBNB acho que essa foi a mais cara, mas isso porque Florença é uma cidade muito cara mesmo, e eu preferi ficar bem no centro uma vez que a cidade não possui metrô. Foi uma ótima escolha. O apartamento além de lindo, ficava a uma quadra do Palácio Vecchio, ou seja, perto de tudo mesmo. Fiz tudo a pé!

img_5879

Tivemos muita sorte que a pessoa que nos recebeu era brasileira, e isso ajudou muito mesmo gente! Principalmente porque meu trem atrasou e eu cheguei depois do horário previsto, como estava sem celular corri muito risco de ficar sem a hospedagem. Imagina! Por isso minha dica continua sendo a mesma, TENHA SEMPRE UMA FORMA DE CONTATO AO SE HOSPEDAR PELO AIRBNB! Gente, sério isso é muito importante, pois não existe recepção 24 horas no AIRBNB, então se combinar algo e der errado precisa avisar, ok?

img_5880

img_5876

Se quiserem esse é o link do apartamento, que eu super indico! Era limpo, lindo e bem localizado.

APARTAMENTO AIRBNB – FLORENÇA

img_5881

Se quiserem mais indicações de hospedagem pelo AIRBNB, segue lista de outros posts que fizemos por aqui:

Hospedagem Roma – Itália

Hospedagem Nápoles – Itália

Hospedagem Bologna – Itália