Viagem

Guia de Viagem : Parma / Itália

IMG_8240

Continuamos nesse post com a série que estamos fazendo sobre a viagem que fiz pela itália. Já falamos aqui sobre dicas de passeios por várias cidades italianas em que passei, se lembram?

 

ROMA

NÁPOLES

FLORENÇA

PISA / SAN GIMIGNANO

ASOLO

VICENZA

VERONA

 

E agora vamos para mais um destino da viagem, a cidade de PARMA. Confesso que não tinha grandes expectativas com essa cidade, pois não sabia quase nada sobre ela antes de viajar. Mas foi uma das ótimas surpresas que tive. Escolhi PARMA para visitar pois estava próximo de Bologna, e como fiquei hospedada nessa cidade, decidi fazer um bate e volta até PARMA. E foi maravilhoso!

 

DUOMO

IMG_8239IMG_8231

Um dos primeiros lugares que visitamos foi o Duomo de Parma, o batistério e a torre. Esse Duomo é um dos maiores do norte da Itália e é realmente lindo, o Batistério é todo trabalhado na parte exterior com mármore branco e rosa. Lindo mesmo! O lado de dentro ainda mais lindo, pena que no dia estava chovendo em Parma e a luz não ajudou as minhas fotos.

IMG_8222IMG_8221

 

Piazza Giuseppe Garibaldi.

 

IMG_8201

Nessa praça e em seus arredores você pode fazer muitos passeios a pé para se ambientar com o ritmo da cidade. Nela você encontra o centro de informações ao turista e pode escolher por qual rua charmosa você vai andar primeiro rsrsrs….

IMG_8197

Algumas ruas de Parma ficam cheias de barracas tipo de feira mesmo sabe? E é possível comprar frutas e verduras muito bonitas. Comprei algumas e levei para Bologna para tomar café nos outros dias da viagem.

IMG_8184IMG_8181

Depois de andarmos meio sem rumo pela cidade, parando para tomar uma copa de vinho e observar o movimento, conclui que foi ótimo ter colocado Parma no meio do roteiro da Itália. A cidade não possui aquele alvoroço de Verona, por exemplo, mas é muito linda, uma pausa perfeita para desacelerar a viagem.

 

Presunto Parma e Parmigiano Reggiano

 

IMG_8177

Se você colocou Parma no seu roteiro, vai chegar ansioso para a hora do almoço a fim de desfrutar uma das coisas pelas quais a cidade é mais conhecida no mundo. O famoso presunto Parma e o Parmigiano Reggiano, o verdadeiro queijo parmesão que comemos tanto por aqui. Decidimos pela Trattoria Sorelle Picchi, onde além de degustar ambos os pratos típicos de Parma, você ainda pode provar a famosa Torta Frita, que parece um pastel sem nada dentro, mas com uma maça menos quebradiça e é realmente maravilhoso.

PIAZZA DELLA PACE

 

Depois de almoçar e é claro tomar um gelato de sobremesa rsrsrs… Fomos em direção a estação de trem para retornarmos a Bologna, no caminho ficava a Piazza Della Pace, com um gramado enorme, perfeito para descansar depois do almoço.

 

IMG_8056

IMG_8068

Nessa praça você vai ter também vários museus e lugares turísticos para conhecer.

 

Palato della Pilota

 

O palácio que aparece na foto acima, possui várias atrações para se conhecer. A primeira delas é a Galleria Nazionale e sua coleção de obras de arte. Abriga também o Palazzo Ducale, a Biblioteca Palatina, o Museu Arqueológico Nacional, o Museu Bodoniano, a Academia de Belas Artes e por fim o Teatro Farnese. Ufa!! Muita coisa para ver durante a tarde…

IMG_8176IMG_8151IMG_8113IMG_8107IMG_8091IMG_8079

IMG_8060

Já cansados de tanto andar, terminamos nossa caminhada até a estação de trem e fomos embora para Bologna dormir. Afinal no outro dia tínhamos outra cidade para conhecer? Querem saber qual? Continue acompanhando o blog!

Viagem

Guia de Viagem – Vicenza / Itália

IMG_7463

Saindo de Bologna, pegamos um trem para Vicenza para passar o dia na cidade e depois retornar à Bologna, que a gente escolheu como nossa cidade base nessa parte do passeio. Chegamos de trem logo pela manhã, e tomamos nosso café já em Vicenza em um café na frente da estação de trem. Enquanto conferimos o nosso roteiro do dia.

Entre a estação de trem e o centro da cidade você vai gastar pouco tempo andando, e além disso, o passeio é bem bonito, cheio de parques, então gostamos muito de fazer esse trajeto andando mesmo.

IMG_7465

O centro de Vicenza é maravilhoso e dá para passar todo o período da manhã entrando e saído de prédios históricos e museus, um do lado do outro. Além disso, as ruas da cidade são lindas e ótimas de andar.

IMG_7490IMG_7486IMG_7483IMG_7475IMG_7542IMG_7642IMG_7645

Depois de andarmos sem rumo mesmo pela cidade, parando em um prédio ou outro para apreciar e entrando em alguns museus pelo caminho. Fomos descendo pela Corso Andrea Palladio até chegar ao Teatro Olimpico.

TEATRO OLÍMPICO

IMG_7497

 

O teatro é um dos principais pontos a se conhecer em Vicenza e foi idealizado por Andrea Palladio, um dos maiores construtores da Renascença. Esse teatro foi o primeiro teatro coberto de toda a Europa. Alias, o Andrea Palladio é uma personalidade da cidade e um arquiteto muito importante, muitos prédios em Vicenza foram idealizados por ele, falaremos mais sobre isso.

IMG_7501

No interior do teatro é possível ver o painel que foi criado para dar a impressão de ruas estreitas, que vão se afunilando. É algo impressionante.

IMG_7518

Você pode visitar o teatro sem guia, é uma visita simples e como eles entregam um mini guia de mão, dá para conhecer bastante coisa sozinho.

 

IMG_7519

Esse teatro um dos três únicos teatros da renascença que ainda permanece ativo e em pleno funcionamento. Maravilhoso.

IMG_7536

Saindo do teatro, logo em frente, você estará olhando para mais um edifício projetado por Palladio. o Palazzo Chiericati.

Palazzo Chiericati

 

IMG_7542

O palácio é hoje sede do museu cívico da cidade de Vicenza e vale a visita, além disso, é considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Depois de visitarmos o Museu, já estávamos com fome e voltamos um pouco na Corso Andrea Palladio para chegar até um rotisseria muito elogiada, a Il Ceppo.

 

 

IL CEPPO

Já deu aquela fome pois estava na hora de almoçar, foi então que fizemos uma das coisas mais legais dessa viagem. Um piquenique maravilhoso. Olha só essa dica! O Il ceppo é um rotisseria bem pequena, que quase passa despercebida, mas entre! definitivamente entre e escolha entre os muitos pratos deliciosos e feitos no dia. Foi difícil escolher entre tanta opção, mas compramos nossa comida em embalagens para levar pois a idéia era fazer um piquenique. Sim! Faça isso você vai amar.

Depois de comprar a comida, encaramos uma longa caminhada até Villa Rotonda.

 

VILA ROTONDA

 

IMG_7590

A Vila Rotonda é uma das mais belas e famosas villas de Andrea Palladio, não falei que ainda ia ver muita coisa dele em Vicenza? E é provavelmente de todas as villas do Veneto, sendo um dos mais celebrados edifícios da História da Arquitetura da época moderna.

IMG_7593

Ela é definida por um bloco quadrado, encimado por uma cúpula e apresentando nas quatro fachadas pórticos idênticos, a modo de frontarias de templo. A Villa Rotonda  tem quatro lados rigorosamente idênticos, cada qual com um pórtico e forma de fachada de templo, agrupados em torno de um amplo átrio que recorda o Panteão Romano.

Quando fomos ela estava fechada para visitas no interior, mas está sempre aberta para, o local é como se fosse um parque, bem amplo e com uma gramado lindo, além de ter uma bela vista da cidade de Vicenza.

IMG_7596

É bem longe do centro da cidade, fomos pé, nos perdemos, mas foi divertido. Se não tiver muito ânimo, sugiro um taxi. Ao chegar escolhemos um lugar com sombra e fomos almoçar…

 

IMG_7606IMG_7609

Esses garfos são de plástico acredita? E esse foi o primeiro piquenique que fiz na vida depois de adulta hahahahaha… AMEI. Ficamos algumas horas descansando no jardim e apreciando sem pressa a vista do lugar.

IMG_7603IMG_7613

Depois continuamos nosso passeio, indo em direção ao centro da cidade novamente, para conhecer o Museu Palladio.

Museu Palladio

IMG_7639

Esse museu é interessantíssimo, conta a história de Andrea Palladio e se você nunca ouviu falar dele, vai conseguir sair de lá com muita informação mesmo. é um museu que adorei conhecer depois de visitar vários prédios da cidade que foram construídos por Palladio, pois você vai lembrando dos prédios a medida que vai passeando pelo Museu.

IMG_7633

Depois de sair do museu, já era hora de voltar para a estação de trem. Nosso dia havia terminado, mas claro que deu tempo ainda de tomar um Gelato! Rsrsrs…

IMG_7647

Essa gelateria foi uma das minhas preferida da viagem. A Preto! Voltamos então para Bologna, pois no outro dia conheceríamos mais uma cidade do roteiro. Quer saber qual? Continue acompanhando nossos posts.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Viagem

Guia de Viagem: Verona – Itália

IMG_7759

Quando saímos de Asolo, pegamos um trem até a cidade de Bologna. Lá fizemos nossa cidade base para visitar cidades vizinhas em roteiros de bate e volta. Foi perfeito fazer isso, pois economizamos tempo e achei que um dia em casa uma dessas cidades foi um tempo legal para conhecer e passear um pouco. Claro, que em algumas eu ficaria mais, porém um dia foi bem legal, já. Se quiser ver o apartamento que alugamos em Bologna, CLIQUE AQUI.

IMG_7768

A primeira cidade foi a famosa cidade de Verona, famosa por ser o local escolhido por Shakespeare para ambientar a história de Romeu e Julieta. A história é totalmente ficcional, mas claro que a cidade de aproveitou disso para criar um clima para os visitantes. Mas não se iluda, Romeu e Julieta não existiram e não era de Verona rsrsrsrs.. Apesar de existir na cidade o túmulo da Julieta e a famosa estátua que está gasta de tanto ser alisada pelos turistas hehehehe.

IMG_7785

Mesmo não sendo verdade, a história que leva muitos turistas até a cidade. Verona merece uma visita no seu roteiro porque possui muitos outros atrativos sensacionais. A cidade é realmente belíssima, e confesso que a parte da história de amor foi o que menos me pegou.

IMG_7790

Ao entrar pelos muros principais da cidade, você já encontrará um dos seus cartões postais mais lindos, a Arena de Verona. Ela é um dos monumentos de arena mais bem conservados da Itália e sua acústica permanece impressionante. Tanto que até hoje é utilizada normalmente para shows e concertos de música clássica. Foi maravilhoso entrar em uma arena assim em pleno funcionamento. Lindo!

IMG_7822

Depois de sair da Arena fomos pela Via Anfiteatro até chegar até a Via Stella e continuamos reto admirando a cidade até chegar ao cruzamento da Via Stella com a Via Cappello. Viramos a esquerda e seguimos nessa via até avistar uma aglomeração enorme de pessoas, o que significava que estávamos na frente da entrada da Casa di Giulietta. Sim, existe uma casa da Julieta, com uma estátua da personagem na frente de uma sacada cheia de trepadeiras. Bem romântico e feito para agradar os turistas que passam pela cidade a procura do palco da história trágica de amor escrita por Shakespeare.

 IMG_7894

 

Estava chovendo e mesmo assim muitas pessoas se cutucavam para pegar nos seios da estátua de Julieta pois dizem que dá boa sorte no amor rsrsrs… Não consegui chegar tão perto, pois realmente tenho agonia de lugares tão cheios e ainda amais chovendo, e foi impossível pra mim tirar uma foto descente da estátua sem milhões de guarda-chuvas na frente, mas tudo bem. Foi o suficiente e eu já estava pronta para conhecer lugares mais encantadores na cidade.

 

IMG_7838

Saindo da casa de Julieta pela Via Capello você logo chegará até a Piazza delle Erbe. A praça é realmente muito grande e bonita, possui inúmeros restaurantes mas consigo indicar nenhum pois o que escolhi era bem pega turista sabe? Cuidado, a praça está cheio deles. No centro da praça existe um feira de frutas, legumes e variedades. Dá para passear muito tempo olhando cada coisinha. Pena que começou a chover.

IMG_7845

Em uma extremidade da praça você verá a Colona de San Marco, uma coluna de mármore com um leão alado e atrás dela estará o Palazzo Maffei. Uma construção barroca, linda, que infelizmente não está aqui bem representada pois a chuva prejudicou as fotos, e que possui sete estátuas de deuses em seu telhado, que são: Hércules, Júpiter, Vênus, Mercúrio, Apolo e Minerva.

IMG_7878

Deixamos a praça para ir em direção ao Túmulo dos Scaligeri, família que reinou por 124 anos em Verona, os túmulos são enormes e possuem um estilo gótico, um mais impressionante que o outro.

IMG_7879

IMG_7939IMG_7941

Depois caminhamos mais um pouco até chegar ao Duomo de Florença.

IMG_7922

Depois andamos mais um pouquinho para chegar até a Ponte Pietra, de onde tive uma das vistas mais lindas da cidade. Que lugar maravilhoso! Ficamos tomando um sorvete e apreciando a paisagem por um bom tempo.

IMG_7943

IMG_7948IMG_7950IMG_7956

Depois de descansar um pouco, fomos caminhando em direção ao CastelVecchio. O castelo é hoje um museu, não entramos para a visita pois já estava muito próximo da hora de voltar, mas andamos pela parte de fora, e chegamos até a Ponte Scaligero.

IMG_7991IMG_7992IMG_7998IMG_7999IMG_8000

Mais um lugar lindo para tirar fotos da cidade, mas dessa vez a própria ponte é uma atração em si, pois é realmente muito bonita.

IMG_8001IMG_8005IMG_8019

Voltamos então para a Piazza Bra, para nos despedir da cidade e caminhar em direção a estação de trem.

IMG_8047IMG_8049

Esse foi nosso dia de viagem por Verona. Gostou? Continue acompanhando o blog para o próximo destino dessa viagem. Agora vamos para Vicenza.

Viagem

Guia de Viagem: Asolo – Itália

IMG_5930

Quando comecei a planejar uma viagem pela Itália jamais pensei em incluir a cidade de Asolo no roteiro. É uma cidade muito pequena e até difícil de localizar no mapa turístico, mas acabei indo para lá por causa de um dos motivos da minha viagem, que era participar do Festival de Cinema que ocorre na cidade. Fui sem grande expectativa apenas para ver o Festival e acabei me encantando com Asolo, que sem dúvida foi uma das cidades mais bonitas que eu vi nessa viagem.

IMG_5950

Situada no alto de várias colinas, a cidade tem vistas de tirar o fôlego por todos os lados, além disso tem aquele clima típico de cidades italianas que costumamos ver em filmes. Feirinhas ao ar livre, flores nas janelas, bandeiras italianas por todos os lados e paisagens maravilhosas. Até um carro antigo passou por lá para ajudar a dar um clima realmente maravilhoso a todo o passeio.

IMG_5972

Para chegar em Asolo, peguei o trem em Florença e desci na estação de CastelFranco Veneto, de lá pegamos um carro até a cidade. O trajeto de carro ainda demora uns 30 minutos mais ou menos. Asolo está situada na região no Veneto, fica próximo de Veneza, relativamente. E é uma região realmente muito bela da Itália bem ao norte do país.

IMG_7203IMG_7204IMG_7215IMG_7217IMG_7218IMG_7236IMG_7238IMG_7246IMG_7249IMG_7269IMG_7291IMG_7305IMG_7318IMG_7333

A cada segundo domingo do mês, acontece na praça principal da cidade, um dos mais importantes mercados de antiquariado do norte da Itália. Tive muita sorte pois estávamos na cidade justamente no dia. E se você gosta desse tipo de feira não pode perder pois é realmente muito boa!!

IMG_7346IMG_7348

A cidade é realmente muito pequena, mas percebi que possui alguns hotéis muito caros e muita gente com dinheiro costuma passar férias lá. As dicas de onde comer são muito simples, basta ir até a praça central da cidade, lá você poderá ver muitos restaurantes e cantinas. Por ser tão pequena a cidade é um pouco cara e as pessoas não falam inglês. Mas dá para se virar apontando para o cardápio rsrsrs…

Sobre o que fazer em Asolo, se você não for durante o Festival, quando existem atrações culturais mais constantes, vi que o melhor mesmo é alugar um carro para conhecer vinícolas ao redor da cidade.

Belas paisagens, boa comida e um tempinho relax na viagem para continuar com gás para nosso próximo destino.  Verona – a cidade de Romeu e Julieta! Continue acompanhando o blog para não perder.

 

 

Viagem

Guia de Viagem: Florença – Itália

IMG_7084

 

Depois de um dia de bate e volta em Pisa e San Gimignano, passamos o outro dia que tínhamos e Florença aproveitando a cidade. Que na verdade merece bem mais do que um dia, mas infelizmente nosso tempo ficou corrido para tanta coisa. Eu aconselho de dois a três dias na cidade de Florença, pois são muitos museus fantásticos com filas enormes e que se visitados em um único dia fica bem cansativo. Terminei o dia esgotada, por isso acho que um dia a mais faria toda a diferença para aproveitar melhor essa cidade que é MARAVILHOSA!!

Uma das cidades que me deixou com muito gostinho de quero mais. Mas vamos ao meu roteiro de um dia pela cidade:

 

1 -Galleria Dell´Accademia

 

O nosso primeiro destino foi a famosa galeria onde está a estátua de Davi, esculpida Michelangelo, como pelas dicas vi que a fila para entrar era enorme, fomos direto para lá. Tem como comprar ingressos antes e etc, mas não fizemos isso e ainda assim conseguimos entrar. Claro, esperamos um pouco na fila, mas valeu a pena!

Chegamos cedo então a fila ainda não estava grande, mas quando saímos da galeria estava tipo impossível de esperar rsrsrs… a fila para quem queria entrar era enorme e se você tem pouco tempo, aconselho a ou comprar o ingresso antes ou chegar mais cedo.

 

IMG_7000

Nenhuma foto poderá te preparar para a maravilha que é ver essa estátua ao vivo. O mais impressionante é que ela não possui emendas. Ou seja, foi toda esculpida em uma pedra única. Maravilhoso!

 

2 – Catedral Santa Maria del Fiore.

 

Saindo da Galeria, descemos a rua até chegar a praça santa maria del fiore, aonde está localizada a famosa Catedral e uma das mais bonitas que eu vi nessa viagem à Itália. A fachada é decorada com mármore branco, verde e rosa e é magnifico ficar olhando cada detalhe.

IMG_7033

 

Como a praça envolta da catedral é pequena e eu não tenho aquelas câmeras profissionais , é um pouco difícil achar um ângulo que caiba a catedral inteira rsrsrs… É muito grande gente! A Torre e o Bastistério que ficam na mesma praça, também seguem a mesma arquitetura da Catedral e são igualmente lindos.

 

IMG_7021

 

Como chegamos mais tarde, não conseguimos entrar na Catedral, a fila estava enooorme.. Eles colocam umas plaquinhas acompanhando a fila para você saber mais ou menos quanto tempo demorará para entrar dependendo da extensão da fila. Achei genial!! E quando chegamos ao fim da fila, nossa plaquinha era de 3 horas de espera, no sol e em pé.

 

IMG_7017

 

Como tínhamos apenas esse dia em Florença, achamos melhor não perder tanto tempo assim em uma fila, e fomos continuar nosso passeio, pois ainda tinham alguns museus e galerias que queríamos visitar.

 

3 – Piazza della Signora

 

Depois de ver a Catedral descemos pela Via del Calzauioli até chegar na Piazza della Signora. é bem legal fazer esse caminho a pé mesmo apesar de ser um pouco longo porque a via é linda e cheia a de lojas e sorveterias, claro que teve a pausa clássica para o gelato matutino. Seguindo a dieta a risca!! SQN!

IMG_7055

 

Nessa praça costuma ter alguns exposições e muitos restaurantes legais para almoçar se for o caso. Nela também é possível visitar o Palazzo Vecchio, o palácio hoje sedia a prefeitura da cidade e possui um museu que pode ser visitado. Na frente dele tem uma réplica da estátua de Davi, só que bem menor.

Nessa praça também fica a famosa Fonte de Netuno, mas quando fui ela estava toda coberta para reformas e não consegui ver nada infelizmente. Depois de andar pela praça sem pressa fomos comer nosso almoço porque já era hora e eu tinha uma indicação bem legal que ficava bem próximo a praça.

 

4 – Almoço -I Due Fratellini

 

Basta jogar no google o nome acima para ver algumas boas críticas a respeito do lugar, que nada mais é do que uma portinha no meio da rua, onde dois irmãos vendem vários tipos de panini diferentes que você pede pelo número!! Não tem cadeiras e é mesmo basicamente um balcão.

 

 

DSC_0871-768x582

 

Do lado de fora vc pode apoiar seu copo de vinho e comer e  beber em pé mesmo, como muitas pessoas fazem ao redor do lugar. OS sanduíches são bem fartos e são deliciosos mesmo, além de serem muito baratos se compararmos com os preço de Florença, que são bem carinhos. APROVADO!

 

DSC_0866-768x524

As fotos dessa parte do post eu tirei desse blog AQUI, pois não esqueci de fotografar essa parte do dia, acho que foi a fome!! kkkkk

 

5 – Galleria degli Uffizi

 

Depois de comer, fomos para a Galleria degli Uffizi, que é um dos museus mais famosos de Florença, como é de se esperar a fila era enorme, mas vale muito a pena. O museu fica bem próximo a Piazza della Signora e é enorme, prepare-se para andar bastante e reserve algumas horas para andar pelo Museu, o acervo conta com quadros muito famosos e obras de arte de tirar o fôlego.

 

IMG_7074

 

Lá você vai poder ver obras de Leonardo da Vinci, Boticelli, Caravaggio e outros mais. Realmente tem muita coisa para admirar na Galeria, até mesmo ela em si pois está em um antigo palácio e é linda!

6 – Ponte del Vecchio

 

Depois de sair da Galeria você pode ir reto na direção do Rio Arno, e poderá ver a famosa  Ponte del Vecchio. A ponte é construída em arco e é muito famosa pois abriga uma quantidade enorme de lojas em toda sua extensão. Você pode depois ir andando até lá para atravessar a ponte que é bem lotada e tem uma vista bem bonita da cidade, mas é daqui que você vai conseguir ver a ponte toda.

IMG_7085

 

7 – Museu Galileu

 

Depois de admirar a Ponte Vecchio continuamos descendo a rua nas margens do Rio Arno, e mais ou menos atrás da Galeria Uffizi Você vai encontrar um museu que não é muito comentado nos guias mas que eu adorei conhecer. O museu Galileu.

 

IMG_7108

 

Depois de visitar o museu fiquei sabendo que ele é o maior museu de ciência e tecnologia da Itália, e um dos mais importante do mundo. Reúne uma série de instrumentos e ferramentas científicas e é bem impressionante. Acho que vale muito a pena conhecer.

E encerramos nosso dia no museu… Voltamos a pé para nosso apartamento que fica próximo ao Museu, lembram dele? Falamos sobre o apê que alugamos pelo AIRBNB aqui. Antes de chega ao hotel paramos em um excelente mercado no caminho, compramos alguns itens para o jantar e foi isso! Pernas pra cima pois no outro dia sairíamos bem cedo para a cidade de Asolo, bem no norte da Itália.  Continue acompanhando o blog para saber mais sobre essa cidadezinha pequena que conquistou meu coração.

 

 

 

Viagem

Guia de Viagem : Pisa e San Gimignano / Itália

 

IMG_6906

Quando saímos de Nápoles fomos em direção a Florença, que seria nossa cidade sede para visitar alguns lugares diferentes da Toscana, dois lugares especificamente. Pisa e San Gimignano, e foi perfeito. Ficar em Florença nos garantiu uma hospedagem maravilhosa pelo AIRBNB, se quiser ler sobre ela clique no link abaixo:

AIRBNB – Florença / Itália

E permitiu que a gente visitasse duas cidades que a meu ver são ótimas para um bate e volta, sabem? Não senti a menor necessidade de mais tempo em nenhuma delas. Então, o post de hoje vou mostrar como fizemos para conhecer essas duas cidadezinhas lindas e charmosas em um bate e volta partindo de Florença.

 

SAN GIGMIGNANO

 

Para chegar até San Gimignano, pegamos um trem em Florença até a cidade de Poggibonsi, a 12 km da cidade murada, lá pega um ônibus que leva mais 25 minutos a San Gimignano. É um pouco confuso, pois a cidade intermediária é muito pequena e o pessoal não sabe falar outra língua a não ser o italiano, e a estação de trem é muito pequena. Para ajudar, explico que o ônibus sai da mesma estação de trem em que vc chegar, basta subir a escada e esperar na entrada da estação.

Quando chegar na estação de trem, compre a passagem que te dará direito a ir no ônibus, ok? Basta ir em qualquer lojinha da estação e comprar. Se o ônibus for demorar, você pode passear por essa cidade, não tem nada demais, mas é ótimo andar por ela e tomar um vinho enquanto aguarda o horário do ônibus.

Próxima parada, San Gimignano. Você vai descer do ônibus bem na frente da cidade amuralhada, basta andar reto e entrar no portão da cidade. Esse é o portão principal para quem chega de ônibus, memorize ele pois é onde você vai pegar o ônibus para voltar.

IMG_6766

A cidade é toda amuralhada, e é bem fácil se perder pelas ruas. Existem várias torres, altas que são a marca da cidade, e foram construídas pelas famílias que moravam na cidade. Quanto mais influente a família maior era a torre construída. O que deixa a cidade com um super visual.

IMG_6759

Existem alguns museus e igrejas para conhecer, como toda pequena cidade da Itália, mas dois pontos bem legais que achei são as duas feiras que acontecem na cidade.

IMG_6765

Ouro ponto bem legal é o museu do vinho, que fica bem no alto da cidade, com uma vista linda, e um lugarzinho bem românico para tirar umas fotos, comer alguma coisa e beber um vinho. Nesse dia, comemos em uma pizzaria qualquer pois não podíamos perder muito tempo já que iríamos para Pisa. Então, acabamos escolhendo mal e a resenha do lugar não vale a pena rsrsrs… Já comi pizzas melhores aqui. Engolimos, tomamos um sorvete, claro! E pegamos o ônibus para voltar a estação de trem e continuar nosso passeio até Pisa.

IMG_6747

 

PISA

 

Chegamos em Pisa, umas 15:00 mais ou menos. E ficamos até umas 19:00. Foi tempo suficiente, realmente não teria ficado mais. Ao descer da estação fomos andando até chegar na Piazza dei Miracoli, onde temos o cartão postal da cidade; A Torre de Pisa. Super recomendo fazer esse trajeto andando pois você conhecerá bastante a cidade.

IMG_6896

Passará pelas ruas mais movimentadas e cheias de loja, conhecerá alguns museus no caminho e  poderá ver lugares lindos e tirar fotos maravilhosas. Demoramos mais ou menos um hora caminhando até chegar a Torre, e foi perfeito pois pegamos ela no por do sol. Um espetáculo.

IMG_6897

Depois de andar bastante e sofrer para tirar aquela foto clássica rsrsrs:

IMG_6941

Pegamos o trem de volta para Florença. Se estiver na Piazza dei Miracoli, a estação de trem fica bem pertinho, e super dá para ir a pé até lá. Chegamos em Florença esgotados de tanto andar, passamos em um mercado próximo ao nosso apartamento e fizemos um belo macarrão para depois dormir feito pedras rsrsrs… Afinal, no outro dia iríamos bater muita perna por Florença! Dica: Descanse muito para encarar as filas dos museus em Florença, pois elas são enormes. Continue acompanhando o blog para não perder as próximas dicas dessa viagem.

Viagem

Guia de Viagem: 01 dia em Nápoles – Itália

Em nossa visita a cidade de Nápoles ficamos bem pouco tempo, então foi bem corrido, mas deu para aproveitar bastante. Na verdade, antes de ir vi vários blogs falando que um dia era o suficiente em Nápoles, e eu até concordo pois deu para conhecer bastante coisa. Mas se quer fazer tudo com mais folga eu aconselho dois dias, e acho que esse tempo é bem legal para conhecer muita coisa e saber se gosta da cidade a ponto de voltar e explorar com mais calma, entende?

Como chegamos em Nápoles já no fim da tarde, descansamos um pouco depois de tanto caminhar por Pompeia e fizemos apenas um passeio leve. Rsrsrs… Nem pensar! Descansaremos quando chegarmos no Brasil era o nosso lema!! Descansamos um pouco sim, pois ninguém é de ferro, tomamos um vinho no nosso apartamento do AIRBNB. Para ler sobre a hospedagem CLIQUE AQUI.

IMG_5846

E saímos a pé para conhecer a cidade a noite. Como nosso apartamento ficava em um setor mais novo e por isso mais seguro do que o centro, achamos tranquilo andar a pé a noite mas no centro nos aconselharam a não ir a pé de noite. Andamos até o mar, olhando as construções e restaurante… Estava um frio delícia e foi muito legal, depois continuamos a caminhada até um dos momentos mais esperados da viagem: Experimentar a verdadeira pizza napolitana!!

IMG_5863

Logicamente, fomos na mais famosa das pizzaria, aquela que apareceu no filme Comer, Rezar e Amar. A Pizzaria da Michele. Essa pizzaria possui filiais pela cidade, a original mesmo é a do centro, mas não fomos lá porque estava a noite e era bem longe. Fomos na filial perto do nosso apartamento e adoramos!!!!

A pizza parece enorme quando chega, mas a massa é muito leve, e o recheio é bem diferente das pizzas brasileiras então você conseguirá comer uma inteira tranquilamente, e coma!!! Pois dificilmente vai achar pizza tão maravilhosa por aqui. Foi incrível, e estou salivando escrevendo esse post agora, kkkkkkk.

Depois de tanto caminhar e comer, fomos dormir para no outro dia conhecer o centro de Nápoles. No outro dia, pegamos o metrô até o centro, e andamos bastante pelas ruas. A primeira parada foi o Museu…. , que possui um acervo maravilhoso de estátuas e também de objetos históricos retirados de Pompeia. Além de ter uma maquete enorme da cidade, o que é bem fascinante.

IMG_6615

 

Saímos do museu, já com fome pois ele realmente é muito grande. Então fomos andando pelas ruas apertadas e cheias de varais típicos de Nápoles quando lemos sobre ela pelos guias.

IMG_6699

para outra pizzaria famosa em nápoles. Essa um pouco mais tradicional, a pizzaria …. . Posso afirmar que a pizza era ainda melhor do que a que comemos a noite. Eu queria estar lá até hoje comendo pizza rsrsrsrs… O lugar é bem pequeno para o tanto de gente que vai, chegamos cedo e pegamos uma mesa sem problemas, mas quando saímos tinha uma fila enorme, portanto cuidado se você tem hora para ir embora de Nápoles e quer almoçar ai.

IMG_6721IMG_6718IMG_6717

De barriga cheia, voltamos ao apartamento, pegamos nossas malas e fomos para a estação de trem, dessa vez nosso destino era maravilhosa FLORENÇA! No próximo post teremos um guia do nosso primeiro dia na cidade, não perca.